(15) 3251-4368 / (15) 9 9806-8327 (WhatsApp)

OLC

O que é voo a vela?

É um esporte onde voa-se sem motor, utilizando apenas as correntes ascendentes (como as térmicas) disponíveis na natureza. A aeronave sem motor, utilizada para a prática desse esporte, chama-se planador.

Mas é perigoso? Tenho comandos? 

E se o vento acabar?

Assim como todo veículo aéreo, o planador também segue muitas exigências de segurança, sendo que seus voos e toda regulamentação necessária é acompanhada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Portanto, o equipamento e os pilotos seguem um protocolo de operações muito fundamentado na segurança. Muitos imaginam que se não houver vento e nem térmicas, o planador cai em queda livre. Mas isso não é verdade, visto que a palavra planador provém do ato de planar, ou seja, descer suavemente enquanto se voa para frente, como se fosse um avião com motor porém em descida. Sendo assim, o planador possui os mesmos comandos que um avião com motor, e o princípio de pilotagem é o mesmo. O planador é a alma dos aviões.

Se não tem motor,

como inicia o voo?

O planador precisa ser lançado a uma altura mínima para que ele possa converter altura em velocidade e assim manter-se voando. Esse lançamento geralmente é feito através de um guincho, ou através de um avião rebocador, levando o planador a uma altura mínima para que ele possa buscar por térmicas ou retornar ao aeródromo de partida.

Onde praticar?

O voo a vela pode ser praticado por diversos clubes espalhados no Brasil, sendo o Aeroclube de Tatuí um dos mais tradicionais. A divulgação dos clubes, bem como de maiores detalhes sobre o esporte podem ser obtido no site da FBVV (Federação Brasileira de Voo a Vela), a qual incentiva o esporte e organiza as competições.